A introdução da tecnologia gera desemprego

Uma análise dos dados sobre desemprego nas últimas duas décadas mostra que a mão de obra humana tem sido rapidamente substituida por equipamentos e máquinas, cada vez mais presentes nas fábricas. Os trabalhadores na indústria, nos anos 80, representavam mais de 40% do total de trabalhadores, já nos anos 90, este número caiu para 30%, dados que evidenciam a diminuição da oferta de empregos na indústria.

A relação entre desemprego e tecnologia não é uma inovação de economia contemporânea. Durante a Revolução Industrial, no final do século XVIII, os operários protestavam e quebravam máquinas para tentar deter o desemprego e a redução de salários que a presença delas provocava.

A inclusão da tecnologia na sociedade certamente criou muitos empregos, mas certamente deu menos empregos do que tirou e é isso que nos faz pensar, até que ponto a tecnologia é vantajosa? Chegaremos em um período onde provavelmente TUDO será feito por máquinas, até seus devidos consertos.

Em geral, ao mesmo tempo que a tecnologia gerou empregos ela tirou, o homem só tem que saber dos limites a que pode chegar, caso contrário estará causando sua própria destruição, e sinais disso já são evidentes.

Advertisements
Posted in Uncategorized | 1 Comment

Vergonha + Desrespeito = Enem

O assunto que está incomodando muita gente, e também não é pra menos, é o Enem. Deu problema e agora vai ser cancelado, e todo mundo que fez, terá que refazer a prova que pode ajudar no ingresso nas Universidades.

Em um país onde existe o descaso com a educação que atravessa anos e mais anos, não era de se estranhar que essa prova também sofresse com o pouco valor.

Esse foi o maior desrespeito com quem prestou a prova, por que além de passarem pelo nervosismo das questões, ainda tiveram que se dirigir aos locais em dois dias. Como uma prova com tanta importância apresenta erros desse tamanho?

É só uma prova de que a educação e o estudante no país estão sendo desrespeitados. Basta olhar as condições em que muitas escolas públicas trabalham. Se isso não é culpa do governo, não sei de quem mais é.

É uma política que prega a ignorância. Mesmo que neguem, é isso que eles querem, ou então a educação seria muito mais organizada e teria muito mais atenção.

O governo que você escolheu, que erra toda hora e “castiga” seu povo. Por um erro deles, muitas pessoas serão prejudicadas. E a culpa também é da sociedade que não tem cara para reivindicar seus direitos, acaba aceitando tudo que é imposto e mandado.

Se isso não é falsa democracia, também não sei o que pode ser. Se não vivemos uma política retrógada, em que ordem e progresso não significam mais nada, também não sei o que é.

A prova continha erros de português, questões repetidas e coisas invertidas. Algo que, a princípio, é grande e necessita de muita atenção e organização para ser feita acaba sendo o fiasco que foi. Simplesmente um desrespeito com quem se dedicou tanto para fazer a prova.

Um ano atrás a prova “vazou” e antes que as pessoas pudessem fazê-la foi adiada, e em 2010 após as guardarem  a sete chaves, passam esta vergonha com um exame cheio de erros e suspendido mais uma vez. E quem paga por isso são as pessoas que prestam, prestaram e prestarão a prova mais uma vez.

Só posso desejar aos “Enenzistas” que se preparem para as novas provas e torçam para que sejam recompensados por esse erro que não pode ser tolerado.

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Protesto

Desde a época de colonização sofremos com a censura, mas durante o regime militar que teve início em 1964, todas as formas de perseguição e censura foram intensificadas, calando assim vários musicos e a população que se colocava contra algo implantado por eles.

Na época qualquer forma de manifestação era facilmente detida com violência.

Além de censurar as torturas, muitas outras coisas também não poderiam ser veiculadas. Em 15 de setembro de 1972, o seguinte telegrama exemplificador foi recebido pelo diretor da surcusal de Brasília do jornal O Estado de São Paulo:

“De ordem do senhor ministro da Justiça fica expressamente proibida a publicação de: notícias, comentários, entrevistas ou critérios de qualquer natureza, abertura política ou democratização ou assuntos correlatos, anistia a cassados ou revisão parcial de seus processos, críticas ou comentários ou editoriais desfavoráveis sobre a situação econômico-financeira, ou problema sucessório e suas implicações. As ordens acima transmitidas atingem quaisquer pessoas, inclusive as que já foram ministros de Estado ou ocuparam altas posições ou funções em quaisquer atividades públicas. Fica igualmente proibida pelo senhor ministro da Justiça a entrevista de Roberto Campos.”

Dessa forma, a imagem de uma estabilidade política e de uma nação que prosperava era mantida.

Sob aspecto diferenciado, o Brasil ainda possui diversas formas de censura desde redemocratização, o último tema que o Brasil “tentou” censurar sofreu forte pressão da população e assim acabou tudo dando certo, desta vez para o povo, que protestou e lutou pelos seus direitos, o tema era a Censura do Humor durante períodos eleitorais. Um tanto quanto ridículo em um país onde a maioria dos politicos faz a população de palhaço.

Hoje em dia existe muito mais liberdade para a população protestar e lutar por algum ideal, perante as “forças maiores” e todos os que decidem o que vai acontecer com nosso bairro, cidade, país ou estado.

O grande problema é que as pessoas conseguem enxergar o que está errado mas não fazem nada para tentar mudar, preferem ficar no conforto de suas casas, em frente a uma televisão sendo manipuladas pelo sistema e fazendo tudo passo a passo, talvez sem perceber. Outros nem mesmo querem ver ou entender o que de fato está acontecendo com seu país.

Mas entre esses muitos sempre temos os verdadeiros patriotas, que lutam pela melhora e desenvolvimento do país, que buscam seus direitos. Não estamos falando dos patriotas em jogos do Brasil na copa do mundo, e sim de pessoas que tem um ideal de melhoria para todos e que buscam formas de derrubar os burgueses capitalistas e os parasitas que estão sempre tentando tirar tudo de nós, mesmo que não tenhamos nada. Até mesmo a sua dignidade eles darão um jeito de tirar.

O anarquismo, mesmo com a repressão, renasce, em meio aos estudantes, intelectuais e trabalhadores.

Proteste! Lute pelo que você acha certo e só assim poderemos evoluir de verdade.

Posted in Uncategorized | 1 Comment

Limpeza Solidária

Falar em melhorar o país e ajudar quem precisa é muito fácil, reclamar que o Governo não faz nada é mais fácil ainda. Para que as coisas comecem a funcionar é preciso se mexer e começar com pequenas mudanças que podem deixar muitas pessoas que precisam felizes.

Natal e Ano-Novo chegando, hora de comprar presentes, escolher uma roupa para as datas. Mas, e aquele monte de coisa que você guarda? Pode ser que não tenha mais utilidade pra você, mas outras pessoas saberão o que fazer com isso.

Roupas, brinquedos, móveis, utensílios domésticos e eletrônicos são coisas que acabam acumulando, e a Associação Maria Helen Drexel tem o prazer de receber esse material, podendo retirar, independente do tamanho. Tudo o que é doado passa por uma triagem feita por funcionários e voluntários, a qual temos seguintes destinos dependendo da utilidade e do estado: aos lares da AMHD ou para o Brechó Aprendiz.

Para agendar a sua retirada basta ligar para: (11) 2609-7432 e (11) 3628-1891.

______________________________________________________________________

Associação Maria Helen Drexel

Fundada em 1973 pelo Padre João Drexel e um grupo de casais, a Associação Maria Helen Drexel – AMHD é uma organização civil que acolhe crianças e adolescentes, cujos direitos básicos tenham sido violados ou ameaçados, proporcionando proteção, assistência, saúde e educação visando o seu desenvolvimento.

Mantém atualmente 73 crianças e adolescentes em 7 lares substitutos, oferecendo:
.estrutura familiar com o acompanhamento 24 horas de uma mãe social
.educação formal e atividades extracurriculares;
. atendimento psicopedagógico terapêutico, educacional e toda assistência necessária ao seu desenvolvimento
. atividades voltadas à manutenção dos laços familiares das crianças e as famílias biológicas.

www.helendrexel.org.br

Posted in Uncategorized | Leave a comment

O Brasil é um só

A presidência do Brasil finalmente está decidida, e independente de em quem se votou é hora de abrir os olhos e cobrar do candidato eleito as obrigações e deveres que ele tem com a população.

O que me deixa mais chocada é que logo após os resultados as pessoas começaram a se insultar nas redes sociais. Nordeste e Sudeste/Sul distribuindo xingamentos e tentando colocar um no outro a culpa das coisas que não vão bem no país.

E essa cena lamentável é agora mais um dos motivos que não deixa o país crescer. Você que contribui para essa discriminação está colaborando para que o Brasil não pense junto e não encontre maneiras de crescer e se tornar um país de verdade.

Somos um só país e precisamos pensar em alternativas para que a realidade do todo mude, um país que cresce só em algumas partes não está evoluindo em nada. Ao invés de ficar procurando motivos para distribuir insultos, por que não pensar o que pode ser mudado e oferecer ideias para o governo?

Um cidadão tem o dever também de procurar saídas e apresentar suas ideias ao governo. É isso que se chama democracia, devemos participar de tudo que acontece e buscar soluções para o que acreditamos não estar certo.

Nordeste e Sudeste/Sul distribuindo palavras nada amigáveis não irão resolver nada e nem mudar o país, é só uma forma de mostrar o quanto os cidadãos estão perdidos e não sabem nem se quer o seu dever.

É hora de colocar em ação todas as reclamações e cobrar da nossa nova Presidente, Dilma Rousseff, melhoras em todos os setores e todos os Estados. O Brasil merece nossa atenção, somos uma só nação!

E só para finalizar, ontem li um comentário dizendo que “fulano de tal Estado” não pode ser considerado gente. Isso é a mesma coisa que os Nazistas diziam dos Judeus!

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Geração Domesticada

Em tempos onde todos pensam ser independentes e senhores de sua própria razão, mal imaginam que são marionetes nas mãos do sistema, as pessoas são manipuladas de diversas formas na frente de uma televisão ou qualquer outro meio de comunicação.

Tudo é manipulado descaradamente pela burguesia e a maioria das pessoas de classes inferiores simplesmente aceitam, enquanto outros que pensam em combater não tem nada que possam fazer de fato.

A luta contra o capitalismo é eterna, e as chances da burguesia levar a pior nessa é a mínima, tudo é em torno do capitalismo e a burguesia. Qualquer coisa que você faça envolve o capitalismo e a burguesia, portanto, esta é uma batalha que jamais terá fim.

Enquanto os burgueses estiverem por cima, os pobres continuarão levando atrasos na vida e não terão acesso à várias coisas, de forma contrária a dos burgueses que tem acesso a tudo e todos de maneira fácil e rápida.

A rotina de boa percentagem das pessoas no mundo inteiro é ir do trabalho para casa e de casa para o trabalho, isso tudo na maioria das vezes em condições precárias e com pagamentos baixos.

Vemos hoje uma geração domesticada. Algo muito normal no dia-a-dia de quase todo mundo é ver pessoas na rua sempre com um fone no ouvido, um celular moderno nas mãos e coisas do tipo. É algo realmente necessário? Hoje as pessoas desde sempre já sabem para o que devem trabalhar, e isso, na maioria das vezes, é apenas mais uma forma de estar sempre enriquecendo os “poderes maiores”, que de toda forma estarão querendo nos sugar e manipular a algo.

Temos também datas impostas pelo capitalismo, como o Natal, Páscoa, Dia das Mães, dos Pais, dos namorados etc. Todas formas de venda e manipulação na cabeça do povo, incentivando-os a comprar e gastar cada vez mais nas tais datas comemorativas e essa coisa toda.

O fato de vivermos em uma geração domesticada é incontestável, agora saber quando tudo poderá ser bom e justo de verdade… O tempo dirá tudo, é sempre assim, mas é bom lembrar o que já aconteceu no passado do nosso país e vermos para que caminho estamos indo.

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Tribos Urbanas

Ultimamente tenho ficado indignada, de verdade mesmo, quando vejo alguma notícia falando de algumas “tribos urbanas” que agridem, xingam e matam outras “tribos urbanas”. Agora, que sentido faz isso tudo?

Posso apostar que boa parte dessas pessoas, que se dizem pertencentes a um grupo específico, não sabe nem metade da história dessa suposta ideologia que eles seguem, por que, até onde a minha ignorância me deixa pensar, quando você luta para ser diferente e aceito tem que deixar que os outros diferentes de você também se expressem com as roupas que quiserem e com os ideais que quiserem.

Mas não, é muito mais fácil despejar toda essa raiva guardada, seus problemas psicológicos dentro de uma tribo e usar de toda sua violência para denegrir e agredir aquele que é diferente de você. Me parece muito contraditório pertencer a um grupo que busca igualdade e liberdade de expressão e achar que está no direito de não permitir que os outros se expressem de maneiras diferentes.

Isso é burrice, é estreiteza mental. Igual o cara que é negro e se diz neonazista, como que pode isso? Aposto que ele não sabe o que foi o nazismo, e aposto que os amigos neonazistas dele também não, porque horas ele já teria sido perseguido por ser negro. E vem cá, dizer que é neonazista no Brasil é um tanto quanto idiota, com o tanto de mistura que tem aqui é muito difícil achar famílias que são “puras”. Então se você faz parte disso, estude sua árvore genealógica e o nazismo.

Racismo, preconceito social e homofobia são motivos para se dizer de uma tribo e “eliminar” o que supostamente não serve. É tudo movido pelo modismo, e conceito que é bom não existe. Como esperar que pessoas que não ligam para o rumo que as coisas tomam no país tenham algum tipo de ideologia?

E devo mencionar que só para piorar as coisas, existe até tribo urbana política, e são mestres em não respeitar a opinião do outro. Quem defende a ideia de um país melhor não poderia pensar assim.

E se você faz parte desse grupo que não aceita outras pessoas diferentes, então é melhor você rever seu conceito de ideologia.

“A partir do momento que me considero superior aos outros, simplesmente deixo de existir”.

Posted in Uncategorized | Leave a comment