Aonde vamos parar?

A fome que nunca acaba, o desmatamento, o aquecimento global, a crise financeira, a gripe suína, políticos corruptos, a censura e muitos outros “probleminhas” que vamos enfrentando, qual será o próximo?

O homem talvez esteja enfrentando uma das piores fases, as vezes nem noção disso fazem mas o fato é que já chegamos ao ponto de que poucos realmente se importam com o próximo.

Conquistas? Isso já é piada, por mais que uma pessoa trabalhe consegue apenas se manter (e quando consegue…) enquanto políticos tem seus salários cada vez mais altos (talvez para que roubem menos).

É o sistema conseguindo impor tudo o que sempre quis e a população indo direitinho “como deve ser”.

Nem é preciso citar os danos causados a natureza, pois a própria natureza já vem fazendo a mesma coisa com as pessoas agora.

Atualmente a censura tem tido um certo destaque, já não queriam que déssemos risada dos políticos em períodos de eleição, recentemente estão querendo nos proibir de tocar nossos instrumentos na rua. Estamos em uma pré-ditadura? Ser obrigado a votar já é um ótimo exemplo da “democracia” que temos.

A diferença é que agora por meio de protestos a população tem conseguido quebrar diversas barbaridades que querem nos impor.

Com tudo o que já se passou e tudo o que vem acontecendo aonde vamos parar? Eu realmente NÃO sei.

Não sejamos marionetes nas mãos do sistema. FODA O SISTEMA!

Advertisements
Posted in Uncategorized | Leave a comment

#DireitoDoArtista

E mais uma vez o Estado nos pega com a censura. Uma sociedade despreparada que vira marionete na mão dos políticos.

Artistas de rua não podem mais se expressar através da arte na Av. Paulista, são presos e humilhados como bandidos, como se tivesse atrapalhando de alguma forma o desenvolvimento da cidade. (Leia aqui a noticia completa – http://bit.ly/i7AeIN)

Vocês votam, elegem e eles colocam em você roupas de palhaço aos poucos. Não podemos nos manter calados diante desse ato, que vou ter que chamar de BARBARIDADE, e só pra não dizer de cárater nazi-fascista!

Compareçam na Av. Paulista para o Proteso contra a Censura #DireitoDoArtista:

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Illuminatis na História do Brasil

Pode até parecer absurdo imaginar que exista uma Nova Ordem Mundial disposta a mudar radicalmente os rumos do homem na Terra.

No post Nova Ordem Mundial (Teorias Conspiratórias) apresentamos os ideais e o que seria o grupo conhecido como Illuminati.

A Ordem Illuminati é uma associação guiada por dois princípios: igualdade e justiça, e pode ter aparecido no Brasil em momentos decisivos da história, a Inconfidência Mineira e a Conjuração Baiana.

“As primeiras lojas maçonicas teriam surgido no país ainda no final do período colonial. Existem vagas referências, todas sem comprovação, da presença de maçons na Inconfidência Mineira de 1789 e na Conjuração Baiana também conhecida como revolta dos Alfaiates, de 1798. Álvares Maciel, principal ideólogo dos inconfidentes mineiros, pertenceria a uma sociedade secreta chamada “Illuminati”. A própria bandeira desenhada pelos rebeldes, um triângulo verde sobre o fundo branco com as palavras “Libertas Quae Sera Tamen” (Liberdade, ainda que tardia), seria uma referência à simbologia maçônica.” (GOMES, Laurentino. 1822 – p. 243. Ed. Nova Fronteira. RJ, 2010).

Teorias conspiratórias, se assim podem ser chamadas, fizeram parte e tiveram sua influência na independência do país. Antes de se tornar imperador, D. Pedro I, era membro da maçonaria e tinha o título de  arconte-rei da loja Grande Oriente do Brasil. A maçonaria brasileira foi a grande aliada do Imperador nos ideais que levaram o país a se separar de Portugal.

Posted in Uncategorized | 1 Comment

[Documentário] – GRASS (Maconha)

A VERDADE QUE POUCOS SABEM E MUITOS DEVIAM SABER

Documentário EXCELENTE narrado pelo ator Woody Harrelson, que mostra através de vídeos e fatos históricos os reais motivos que levaram à proibição da planta Cannabis sativa (maconha).

O filme mostra a manipulação da opinião pública americana pelo secretário Harry Anslinger com mentiras e fatos que nunca ocorreram supostamente ligados à planta, o terrorismo psicológico, a ausência de estudos científicos que comprovassem os supostos malefícios da erva e alguns dos vários estudos que contestam tais malefícios, todos ignorados por Anslinger.

Talvez temendo processos na justiça o filme apenas não cita os interesses comerciais de empresas do setor têxtil (sobretudo uma específica que não será citada) que tinham como principal concorrente a fibra de cânhamo (Cannabis sativa).

NÃO SE TRATA DE APOLOGIA À MACONHA, TRATAM-SE DE FATOS HISTÓRICOS INCONTESTÁVEIS E IMPORTANTES, FATOS ESTES QUE TODOS TÊM O DIREITO DE SABER.

VEJA O FILME E PENSE SE VALE A PENA TANTA VIOLÊNCIA, TANTAS MORTES, TANTO TEMPO E DINHEIRO GASTO PARA SE TENTAR EXTINGUIR UMA PLANTA, CRIADA POR DEUS COMO QUALQUER OUTRA.

E, SE VOCÊ GOSTAR DO FILME, DIVULGUE-O, ASSIM VOCÊ AJUDARÁ A SALVAR VIDAS.

CRÉDITOS: ContraoTrafico

Leia nosso especial “Cannabis – É a hora de legalizar?” e deixe sua opinião.

Posted in Documentários, Uncategorized | 1 Comment

Nova Ordem Mundial (Teorias Conspiratórias)

Quem já imaginou viver em um mundo dominado por um governo de poder mundial ? Poder que erradicasse todas as religiões e crenças. Poder que visa uma humanidade unificada por uma nova ordem com ideologia uniforme, única moeda e religião universal. É o que propõe a Nova Ordem Mundial.

A principio 13 famílias controlariam o mundo todo, todos os governos e tudo o que nos cerca. Essas 13 famílias teriam posse de 70% do dinheiro mundial, enquanto os outros 30% são disputados por 6 bilhões de pessoas.

A diminuição do excedente populacional seria uma das prioridades dessa Nova Ordem. Seria eliminada 80% da população mundial atual.

Os Illuminatis são quem controlaria tudo isso. Existem milhares de teorias a respeito disso e a verdade, como sempre, nunca aparece de fato. Reuniões secretas aconteceriam desde tempos remotos e muitos acreditam que isso continua acontecendo. Diversos governos (incluindo o Brasil) já teriam aceitado a Nova Ordem Mundial dos Illuminatis.

Poucos teriam acesso a informações concretas e algumas fontes chegam a dizer que 90% das metas já teriam sido cumpridas. O Mondex, que é um micro-chip implantado na mão direita das pessoas, seria uma poderosa arma do Illuminatis.

O que de fato pretende A Nova Ordem Mundial e os Illuminatis ninguém jamais dirá com razão, mas vendo este documentário abaixo (um tanto quanto sensacionalista), talvez você consiga tirar suas próprias conclusões ou pelo menos ter uma noção do que realmente se trata.

Depois de tudo, a questão que nunca morre: Em que e em quem devemos acreditar?

Posted in Uncategorized | 1 Comment

Rio em Guerra

Bandeiras do Brasil e do estado do Rio de Janeiro foram hasteadas pelos policiais no ponto mais alto do Complexo do Alemão  (Foto: EFE)

Bandeiras do Brasil e do estado do Rio de Janeiro foram hasteadas pelos policiais no ponto mais alto do Complexo do Alemão (Foto: EFE)

Semana passada o Brasil entrou em guerra, mais precisamente o Rio de Janeiro. Uma guerra cívil que não perdoa ninguém,  a guerra do tráfico.

A cidade maravilhosa, cartão postal do país, mostrou quanta sujeira foi empurrada, durante anos, para debaixo do tapete, e o quanto pode ser cruel acordos feitos por gorvernantes populistas com bandidos. Isso mesmo, eles pagam para o traficante não encomodar, mas se não pagar denovo o bicho pega.

Era questão de tempo para essa bomba explodir na cidade. Um descontrole no aumento das favelas, do aumento do tráfico e nas condições de segurança pública. O Rio de Janeiro não tem planejameno de segurança pública, por que se tivesse, isso não teria tomado a proporção que tomou.

É a primeira vez que o Brasil vence essa guerra. Mas, se não houver um controle e planejamento para que essas favelas não tomem proporções maiores e outros chefões do tráfico montem suas “mansões” no alto do morro, essa guerra só tende a continuar.

E aí, teremos que encarar denovo o medo no rosto do carioca e o poder na mão do tráfico.

Posted in Uncategorized | 1 Comment

Aborto – Certo ou errado?

Por @EddieJunks e @CarolContri

Muito se falou de aborto nos últimos meses, grupos radicas, religiosos, feministas, humanitas, todos procurando argumentos para dar de fato uma “cara” ao tema, se ele é válido ou não. Mais do que discutir sua legalização, é importante levantar a questão: Quanto vale a vida humana?

O aborto é de fato um dos assuntos mais polêmicos da atualidade, cheio de prós e contras, mas nunca com uma conclusão do que é realmente certo ou errado. Aborto é a interrupção de uma gravidez (remoção ou expulsão prematura do embrião ou feto do útero) e é muito praticado no mundo inteiro, tanto em casos de uma gravidez indesejada quanto em casos de estupro, risco de morte da mãe, etc.

Em relação ao aborto existem dois principais grupos de debate: os movimentos pró-vida, que são terminantemente contra o aborto e o consideram um ataque a dignidade humana, e os movimentos pró-escolha, que consideram a prática moralmente aceitável. Ambos os grupos procuram influenciar a opinião pública para obter apoios para seu posicionamento a respeito do assunto.

O Código Penal Brasileiro declara aborto um crime contra a vida, com penas de 1 a 10 anos, de acordo com a situação. O artigo 128 do Código Penal é favorável ao aborto quando não há outro meio para salvar a vida da mãe e quando a gravidez resulta de estupro.

Opinião pública

No ano de 2007 o instituto de pesquisas Datafolha (do jornal Folha de S. Paulo) realizou um estudo estatístico que revelou que 65% da população brasileira acredita que a atual legislação sobre o aborto não deve ser alterada, enquanto que 16% disseram que deveria ser expandida para permitir a prática para outras causas, 10% que o aborto deveria ser descriminalizado e 5% declararam que não tem certeza de sua posição sobre o assunto.

Uma pesquisa mais específica, realizada pelo instituto Vox Populi para a revista Carta Capital e para a emissora de televisão Bandeirantes, revelou que apenas 16% da população brasileira concorda que o aborto deve ser permitido em caso de gravidez indesejada. Por outro lado, 76% concorda que o aborto deve ser permitido em casos de gravidez de risco, e 70% em caso de gravidez resultante de estupro.

Pesquisas mostram que o índice de abortos no Brasil é preocupante, mais de um milhão de abortos clandestinos são feitos anualmente no país.

Maternidade X Conscientização

Levando em consideração que temos um problema cultural de falta de conscientização muito grave no país, meninas ficam grávidas e mulheres têm um grande número de filhos por falta de prevenção. O que vai acontecer se o aborto for legalizado? Milhares de vidas vão ser descartadas?

Um trabalho de conscientização mais rígida talvez não resolvesse todos os problemas, mas seria um caminho para evitar a gravidez indesejada. Não é justo que as mulheres se aventurem em relações de risco e depois apenas descartem uma vida como se aquilo não fosse nada.

Mas, por outro lado, não legalizar leva essas mulheres a procurarem métodos clandestinos para interromperem a gravidez. São números chocantes de mulheres que morrem durante procedimentos de risco, número que coloca em evidência as desigualdades sociais e de saúde pública

Não há dúvida de que o aborto inseguro atinge essencialmente as mulheres mais pobres. E muitas dessas mulheres não têm controle sobre a sua vida sexual, não têm acesso ou não lhes é permitido o acesso aos serviços de planejamento familiar, tendo isto como consequência, a gravidez não desejada.

A desigualdade de gênero, a cultura, a religião e a pobreza são fatores que limitam as oportunidades das mulheres decidirem sobre a sua vida sexual e reprodutiva. Por isso é mais do que necessário, que antes de se discutir legalização, se busque soluções para resolver esse problema que atinge muitas famílias. Sem conscientização o aborto ainda será um grande problema e apenas uma forma de amenizar uma situação lamentável que assola famílias pelo país inteiro.

Métodos por métodos

Levar em consideração a crueldade dos métodos abortivos é um alavancador da revolta contra a legalização, com um agravante: a eficácia dos métodos contraceptivos.

Se todas as pessoas fizessem uso dos mais variados métodos disponíveis e acessíveis a todas as classes sociais, a gravidez não ocorreria e o aborto seria desnecessário.

O que pode ser mais cruel?

***Vale ressaltar que métodos como as pílulas contraceptivas e camisinhas estão disponíveis em postos de saúde e em algumas redes de farmácia se encontram com preços populares. A pílula do dia seguinte em caso de estupro é imediatamente fornecida a vitima quando feito o B.O. na delegacia.

Argumentos a favor do aborto

 A mulher tem o direito de tomar decisões num assunto que diz respeito à sua vida como o da maternidade.
 É uma decisão que afeta não só a vida da mulher, mas a vida do casal envolvido e, caso exista, o contexto familiar.
 Podem ocorrer problemas na futura vinculação afetiva entre a mãe e a criança nascida quando a gravidez é vivida em sofrimento.
 O aborto clandestino é um problema de saúde pública.
 O acesso ao aborto legal permite reduzir progressivamente o recurso ao aborto.
 Proibir não elimina o recurso ao aborto. Quando as mulheres sentem que ele é necessário fazem-no, mesmo que não seja em segurança.
 Um aborto mal feito pode ter consequências graves para a saúde da mulher.
 Definir um feto (um embrião ou mesmo um ovo) como uma “pessoa”, com direitos iguais ou mesmo superiores aos de uma mulher – uma pessoa que pensa, sente e tem consciência – é um absurdo.
 A proibição do aborto é discriminatória em relação às mulheres de baixo nível sócio-econômico, que são levadas ao aborto auto-induzido ou clandestino. As mais diferenciadas economicamente podem sempre viajar para obter um aborto seguro.
 O primeiro direito da criança é ser desejada.
 A possibilidade de escolha é boa para as famílias.
 Uma gravidez indesejada pode aumentar tensões, romper a estabilidade e empurrar as pessoas para baixo do limiar de pobreza.

Argumentos contra o aborto

 Hoje em dia só engravida quem é mesmo irresponsável. Promovendo o Planejamento Familiar não é preciso despenalizar o aborto.
 Fazer um aborto é um atentado contra a vida humana.
 Nenhuma mulher foi parar à prisão por ter recorrido ao aborto.
 Um feto é uma “pessoa”, semelhante a nós, com iguais direitos.
 O aborto legal deixa as mulheres à mercê de todo o tipo de pressões.
 O aborto legal vai congestionar os serviços de saúde.
 A despenalização do aborto vai provocar o aumento do número de abortos.
 O aborto é um pecado. É mau e imoral.

Em geral, a prática do aborto é muito bem aceita por uns e crucificada por outros. O fato de que uma vida está sendo tirada é incontestável, mas a mulher também tem o direito de optar por sua vida. E para você, o aborto é ou não algo realmente ERRADO?

Posted in Aborto - Certo ou Errado? | 2 Comments