Enterrando a democracia

Charge de Roque Sponholz

E se nessa onda de eleição, faltando poucos dias para você sair de casa, pegar uma filhinha (ou não) para votar, você descobre que seu voto pode ser manipulado na própria urna? Seria um choque, né?

Não é de hoje que a fraude nas urnas eletrônicas é assunto constantemente debatido. Será que é possível fraudar uma urna?

Antes de entrar nesse assunto, na minha opinião a urna eletrônica já manipula antes mesmo de você ir votar. Só o fato de você ser obrigado a ir até ela, e ter apenas duas opções: confirma e branco, já é manipulação na cara lavada. Cadê o botão: Nulo?

Urna eletrônica é sinônimo de enterro da democracia…e a batalha para convencer de que “Oh, tecnologia, a urna é um avanço” é papo pra cegar ainda mais a população!

Não sou conhecedora de informática para dizer o que pode ou não ser feito para que um candidato já tenha um número de votos garantidos, independente de quem for ou não votar nele.

Diante de tanta violação, de tanta quebra de sigilo e de tantos olheiros a serviço do poder público, quem garante que a urna também passe ilesa nessas vasculhação toda que rola nos computadores?

Na urna eletrônica, além dos nossos votos não poderem ser recontados, o sistema corre o risco de ser adulterado (Leia aqui). Se tanta coisa errada já acontece no governo do país, não acho que uma violação nas urnas seria um problema grave.

A pergunta que fica é: Se fosse mesmo seguro, por que os países europeus, por exemplo, não adotam as urnas eletrônicas, muito pelo contrário, vislumbram a facilidade de fraude e rejeitam totalmente este sistema?

Vale uma reflexão!

About @CarolContri

De médico, louco e revolucionário todo mundo tem um pouco!
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

2 Responses to Enterrando a democracia

  1. Fernanda Barros says:

    Muito bom o post!

    Eu concordo plenamente! Além de não ser seguro, não é nem um pouco sigiloso.

    Quando você entrega o seu título para os mesários, alguém já percebeu que eles digitam o seu número antes de você votar?

    Fica a pergunta…

  2. Aparício Fernando says:

    Em Saquarema-RJ aconteceu um fato muito estranho. Antes das eleições era só andar pelas ruas e perguntar em quem o eleitor iria votar que a resposta era unânime: Pedro Ricardo, candidato da oposição. Pois bem, o rapaz perdeu em todas, eu disse todas as 173 urnas da cidade. Perdeu e perdeu de muito. O mais estranho é que hoje, um mês após as eleições, você vai às ruas e os eleitores continuam unânimes em dizer que votaram em Pedro Ricardo. Seria muito mais cômodo pro eleitor dizer que votou na candidata vitoriosa. Mas não, o eleitor bate o pé afirmando que votou no outro. Curiosamente, é difícil encontrar alguém que confirme que votou na candidata vencedora, que coincidentemente é a esposa do deputado estadual Paulo Melo, presidente da ALERJ. Existem vários relatos da internet e inclusive vídeos no YOUTUBE atestando a vulnerabilidade das urnas eleitorais. Está lá pra quem quiser assistir. O fato é que esse triunvirato: Cabral, Zveiter e Paulo Melo atenta contra a democracia. Todos os poderes encontram-se de um lado só da balança, prejudicando a alternância do poder, principal filosofia da democracia. O fato é que não adianta espernear, pois o TSE, por mais que existam evidências que comprovem, jamais irá admitir fraudes em suas ‘caixas pretas’. O ideal seria que a urna eletrônica emitisse, também, um cupom onde mostrasse em quem o eleitor votou. E que esse cupom fosse colocado numa urna tradicional ao lado dos mesários, para fins de comprovação posterior. Uma coisa é certa: nenhum outro país no mundo, depois de examinar, quis comprar nosso ‘avançadíssimo, rápido e moderno’ método de escrutínio, nem o Paraguai.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s